Cena de O Sal da Terra. (Foto: Divulgação).
Cena de O Sal da Terra. (Foto: Divulgação).
Cena de O Sal da Terra. (Foto: Divulgação).

O longa O Sal da Terra, sobre Sebastião Salgado, foi indicado ao Oscar de melhor documentário nessa quinta (14). Dirigido por Juliano Salgado em parceria com o diretor alemão Win Wenders, o trabalho mostra a trajetória do famoso fotógrafo mineiro, um dos maiores nomes da fotografia mundial. O filme fez sucesso em Cannes, onde foi selecionado para a mostra Um Certo Olhar e passou também no 16º Festival do Rio, em 2014.

O filme já tem data de estreia no Brasil: 12 de março, com distribuição da Imovision.

Leia Mais
Os indicados ao Oscar este ano
Veja os trailers e datas de estreias

O filme é uma produção franco-brasileira e já vinha sido cotado para o Oscar antes das indicações oficiais serem anunciadas ontem. Win Wenders, que co-assina o doc já concorreu em 2011 com Pina e em 1999 com Buena Vista Social Club. Além disso, trabalhos exibidos em Cannes costumam “orientar” a Academia de Artes e Ciências em categorias como documentário, curta-metragem, entre outros.

E 2015 parece que será um ano incrível para fãs de Sebastião Salgado. A Companhia das Letras vai lançar um novo livro do fotógrafo, desta vez sobre a produção de café. A produção das fotos durou 12 anos. O lançamento será em maio, simultâneo com outros países.

Mais docs

Concorrem com o longa sobre Sebastião Salgado, Citizenfour, sobre Edward Snowden, A Fotografia Oculta de Vivian Maier, Vietnã: Batendo em Retirada e Virunga. Este último está disponível no Netflix. Os demais não possuem data de estreia prevista no Brasil.

Leia Mais
Em Top Gun: Maverick apenas Tom Cruise basta