Iza performa as fases de um relacionamento no curta TRÊS

“Mole”, “Mó Paz” e “Droga”, faixas que integram o próximo álbum da cantora estrearam com videoclipes no projeto

Os clipes de “Mole”, “Mó Paz” e “Droga” vieram compilados no curta-metragem TRÊS, projeto inédito da cantora IZA em parceria com Felipe Sassi. A narrativa acompanha a artista em sua versão mais cênica, da representação de um sonho ao encontro de uma paixão avassaladora, e posteriormente acabada. As faixas são o carro chefe do novo álbum que está por vir ainda neste ano, trazendo nele os hits “Gueto”, “Sem Filtro” e “Fé”.

As composições são resultado da parceria já habitual de Iza com Pablo Bispo, Ruxell e Sérgio Santos. O lançamento aconteceu no dia 2 de setembro, dia anterior ao aniversário de 32 anos da cantora que brilhou no palco mundo do Rock in Rio 2022 no dia 4.

A dançante e gingada “Mole” traz a cantora como a sonhadora e Isabela Cristina (nome de batismo), que cantando durante o banho é transportada para uma verdadeira performance. A aura pop se mistura ao batidão grave, com letra que instiga a dançar sensualmente, lembrando o estilo de “Yo-Yo” parceria com Gloria Groove. 

A apresentação da Isabela é interrompida pela mãe e o irmão, causando numa transição bem bolada do banheiro para o vagão cotidiano de um metrô, onde “Mô Paz” começa a tocar. A parceria com o cantor português Ivandro, desvirtua da sensualidade da primeira faixa, tocando mais lento enquanto fala sobre amor. Um amor à primeira vista e dança no metrô, cenário da evolução dessa paixão. Iza performa um pas-de-deux com um dançarino que vivia angariando custos no vagão mas vê seu público tomado pela cantora, provocando um esfriamento na relação.

Leia Mais: A diversidade sonora e os desabafos de Josyara

A estação escolhida para saltar é justamente a casa do casal. Assim começa “Droga” cantando sobre um amor viciado em meio a beats que embalam a dança expressiva, num clipe a la “Try” da P!nk, representando os altos e baixos do relacionamento.

É verdade que as faixas de TRÊS seguem os registros musicais já conhecidos no repertório de Iza, mas com o destaque do projeto audiovisual, bem ornamentado, com cores que ditam as atmosferas das canções, a cantora desbrava ainda mais seu potencial artístico como performer, exalando a criatividade e as essências poéticas que tanto tem a oferecer.

Leia Mais
Hot Chip lança single “Eleanor”, presente no próximo álbum