“Jamais nos curvaremos ao racismo e à intolerância”, diz Seu Jorge em resposta a ataques racistas

Após discursar em defesa da juventude negra, o cantor foi alvo de ofensas em show realizado no Rio Grande do Sul

(Foto: Reprodução/Youtube).

“O que eu presenciei foi muito ódio gratuito e muita grosseria racista”, é o que relata Seu Jorge sobre ataques sofridos durante show no clube Grêmio Náutico União, em Porto Alegre, realizado na última sexta-feira (14). Em vídeo publicado nas suas redes sociais, o cantor desabafa sobre o ocorrido, agradece o apoio recebido desde então e chama a atenção para o poder da mobilização social.

“Jamais nos curvaremos ao racismo e à intolerância, seja ela qual for. Não cederemos um milímetro sequer ao ódio e combateremos e cobraremos das autoridades que a justiça prevaleça”, reforçou.

O episódio de racismo se tornou público após uma série de denúncias virem à tona nas redes sociais por parte das pessoas que compareceram ao evento. De acordo com testemunhas, as ofensas teriam começado após o artista discursar em defesa da juventude negra e contra a redução da maioridade penal.

“Quando eu cheguei atrás do palco, eu comecei a escutar muitas vaias e xingamentos e, por conta disso, eu percebi que não seria possível voltar para fazer o famoso bis”, detalhou o cantor em seu depoimento. A Polícia Civil está investigando o caso.

Com informações do Uol e G1.

Leia Mais
No Ar Coquetel Molotov 2022: MC Carol e a potência do funk como revide