João Gordo reinterpreta clássicos da música brega em novo disco

Disponível nas plataformas digitais, o álbum tem dueto com a atriz Marisa Orth

João Gordo incluiu no disco canções pelas quais tem forte memória afetiva. (Foto: Nando Machado/Divulgação).

O vocalista do Ratos de Porão e ícone do punk João Gordo faz um divertido tributo à música brega ao transformar clássicos em versões punk rock em seu novo álbum. Intitulado Brutal Brega, o disco é resultado da parceria entre o artista e o produtor Val Santos (Toyshop, VIPER), e conta com a participação especial da atriz Marisa Orth em uma das faixas. O lançamento é do selo Wikimetal Music.

O projeto surgiu como uma brincadeira durante a pandemia: Val Santos começou a desenvolver as versões por diversão, e quando João Gordo ouviu as músicas, se interessou pelo projeto. Pouco tempo depois, os dois haviam gravado dezenas de versões juntos e formado um disco. As músicas incluídas foram escolhidas pela forte memória afetiva que a dupla tem pelas canções, originalmente lançadas por artistas como Sidney Magal, Reginaldo Rossi, Ângelo Máximo, Jane e Herondy, e muitos outros.

Entre as 12 faixas do disco, destacam-se os singles “Fuscão Preto” e “Tô Doidão”, além de canções como a romântica “A Namorada Que Sonhei” e o dueto “Não Se Vá”, com a atriz Marisa Orth. O álbum também está disponível no formato de CD trazendo duas faixas bônus exclusivas: “Doces Beijos”, do Menudo, e “Sandra Rosa Madalena”, de Sidney Magal. O CD já está à venda nas principais lojas, e online via Wikimetal Store.

Leia Mais
Planet Hemp apresenta em videoclipe a energia combativa da faixa “Taca Fogo”