Foto do filme O Duelo, que estreia em agosto (Divulgação/Downtown Filmes).

O ator José Wilker, que morreu nesse sábado (5) aos 66 anos, no Rio de Janeiro, deixou três filmes prontos, prestes a chegar aos cinemas.

Um deles é A Hora e A Vez de Augusto Matraga, inspirado na obra homônima de Guimarães Rosa. O ator interpreta Joãozinho Bem-Bem, no Sertão do século passado. O filme foi premiado no Festival do Rio de 2011 e deve chegar aos cinemas ainda neste primeiro semestre.

Cena do suspense Isolados, que estreia em agosto (Divulgação).
Cena do suspense Isolados, que estreia em agosto (Divulgação).

Já dia 21 de agosto agosto estreia Isolados, um suspense que ainda traz no elenco Bruno Gagliasso e Regiane Alves. O filme faz parte da recente safra de filmes brasileiros a explorar o thriller, ao lado de O Lobo Atrás da Porta (ainda inédito) e Entre Nós. A trama fala de um casal que alugam uma casa na região serrana do Rio de Janeiro para descansar, mas acabam tendo problemas com o lado sombrio do casarão.

Foto do filme O Duelo, que estreia em agosto (Divulgação/Downtown Filmes).
Foto do filme O Duelo, que estreia em agosto (Divulgação/Downtown Filmes).

No mesmo dia de agosto sai O Duelo, uma adaptação de Os Velhos Marinheiros, de Jorge Amado. O filme traz no elenco Patrícia Pillar e Claudia Raia. A história fala do marinheiro Vasco Moscoso (Joaquim de Almeida) que cansa de sua vida em alto mar e busca um lugar tranquilo para viver. Ele chega até Peripri, uma pequena vila costeira, onde conquista a todos. Só que o fiscal Chico Pacheco (Wilker), até então o homem mais admirado da cidade, passa a investigar o navegador.

Leia Mais
Crítica: Quebrando Mitos, a autobiografia de Fernando Grostein Andrade diz muito sobre a vida do Brasil com Bolsonaro