Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

é o convidado desta semana do projeto Ouvindo e Fazendo Música, no Museu do Estado de Pernambuco.

Nascido em Goiana, Zona da Mata Norte de Pernambuco, e criado em Olinda, Juliano Holanda é um dos músicos mais requisitados da música contemporânea do Estado. Com mais de 20 e poucos anos de carreira, já teve mais de 100 composições gravadas, participações em mais de 30 discos e milhares de palcos pisados.

Leia Mais
Holofotes PE: Juliano Holanda, novidade veterana

Em 2014, lançou seus dois trabalhos solos A arte de ser invisível e Pra saber ser nuvem de cimento quando o céu for de concreto. No último, ele cantou em todas as faixas, ao contrário do primeiro em que convidou artistas para interpretar suas composições, acompanhado apenas por um trio (baixo, guitarra e bateria). O músico integra a banda pernambucana Orquestra Contemporânea de Olinda e o trio instrumental Wassab e já participou dos discos de Mônica Feijó, Geraldo Maia, Rabecado, Cascabulho, Gonzaga Leal, Zeh Rocha, Silvério Pessoa, Alessandra Leão, Academia da Berlinda, entre outros.

Juliano Holanda realiza também uma oficina de guitarra as 15h com inscrição gratuita pelo email.

A programação do Ouvindo e Fazendo Música continua no mês de março com uma programação dedicado as mulheres a partir do dia 14 com Dedo de Moça, no dia 21 com Andreia Andrade e 28 com Francis. O mês de abril terá todo o sábado um convidado especial, entre eles o Duo Sim, Marsa, Aninha Martins e Jefferson Gonçalves.

O projeto Ouvindo e Fazendo Música é uma ação do Ministerio da Cultura, Governo do Estado de Pernambuco, Secretaria de Cultura de Pernambuco, Fundarpe, Museu do Estado de Pernambuco e Santander.

Ouvindo e Fazendo Música do Museu do Estado de Pernambuco
Juliano Holanda
Sábado – 28/02
17h
R$5,00 (inteira), R$2,50 (meia) e gratuito para Sócios da Sociedade dos Amigos do MEPE e clientes Santander

Sem mais artigos