Lucca Comics Awards 2022: Riyoko Ikeda e Milo Manara são eleitos Mestra e Mestre dos Quadrinhos

O espanhol Paco Roca conquistou o troféu Yellow Kid de Autor do Ano, e The Hellbound, de Yeon Sang-ho e Choi Gyu-seok, foi premiado o Quadrinho do Ano

(Foto: Reprodução/Instagram).

Um dos maiores festivais de quadrinhos do mundo, o Lucca Comics & Games, promoveu, neste último final de semana, a edição 2022 do Lucca Comics Awards, premiação dedicada às melhores HQs publicadas a cada ano na Itália e seus respectivos autores. Entre os vencedores deste ano, destacam-se os troféus Yellow Kid de Mestra e Mestre dos Quadrinhos conferidos à japonesa Riyoko Ikeda e ao italiano Milo Manara.

“Riyoko Ikeda e Milo Manara são dois mestres dos quadrinhos que idealmente traçam uma ponte cultural entre o Oriente e o Ocidente. Em tempo de guerra, que pensávamos estar agora arquivado, para dar um sinal de esperança e paz de forma extraordinária, o prêmio é atribuído a estes dois artistas, que fizeram da transgressão, da curiosidade, um forte traço identitário”, comenta o júri.

Foram contemplados também com o troféu Yellow Kid: o espanhol Paco Roca, que, pela HQ Ritorno all’Eden, foi eleito o Autor do Ano, e The Hellbound, de Yeon Sang-ho e Choi Gyu-seok, vencedor da categoria Quadrinho do Ano. Os demais ganhadores distribuíram-se entre o Prêmio Especial do Júri, conferido à HQ Mostri, de Barry Windsor-Smith, e o Prêmio Gran Guinigi, dividido nas categorias Melhores Histórias em Quadrinhos ou Coleção, Melhor Quadrinho Serial, Melhor Desenho, Melhor Estreante, e Iniciativa Editorial.

Veja abaixo a lista completa dos ganhadores:

Yellow Kid Mestra dos Quadrinhos: Riyoko Ikeda

Yellow Kid Mestre dos Quadrinhos: Milo Manara

Yellow Kid Quadrinho do Ano: The Hellbound, de Yeon Sang-ho e Choi Gyu-seok (Panini Comics)

Yellow Kid Autor do ano: Paco Roca por Ritorno all’Eden (Tunué)

Prêmio Especial do Júri: Mostri, de Barry Windsor-Smith (Mondadori)

Gran Guinigi Melhores Histórias em Quadrinhos ou Coleção: Gli incubi di Kafka, de Peter Kuper (Tunué)

Gran Guinigi Melhor Quadrinho Serial: Cosma & Mito, de Nicola Zurlo e Vincenzo Filosa (Coconino Press)

Gran Guinigi Melhor Desenho: Gaëlle Geniller per Le Jardin, Paris (Edizioni Star Comics)

Gran Guinigi Melhor Roteiro: R. Kikuo Johnson por Nessun altro (Coconino Press)

Gran Guinigi Melhor Estreante: Giorgia Kelley por Strange Rage (Rizzoli Lizard)

Gran Guinigi por uma Iniciativa Editorial – Prêmio Stefano Beani ex aequo: Comics & Science (CNR Edizioni / Feltrinelli Comics) e La Revue Dessinée Italia.

Leia Mais
Festival LGBTQIA+, La Folie promete maratona de shows com Pabllo Vittar, Luísa Sonza, Gloria Groove e Karol Conká