Mais HQs para 2022: Obras de Ebony Flowers, Julie Doucet e Zuo Ma chegam pela Veneta

Um dos destaques é Pente Quente, de Ebony Flowers, obra vencedora do Eisner que aborda a relação das mulheres negras com o seu cabelo

Trecho da capa de Pente Quente, de Ebony Flowers. (Divulgação).

A editora Veneta divulgou mais lançamentos para este ano. Entre os nomes anunciados estão Julie Doucet, ícone do underground ainda inédita no Brasil; Ebony Flowers, Ben Passmore, Lee Lai, Jéremie Moreau e Zuo Ma. As HQs foram divulgadas durante uma live no canal do Fora do Plástico.

Um dos maiores destaques fica por conta de Pente Quente, elogiada HQ de Ebony Flowers que fez muito sucesso quando saiu nos EUA em 2019. A obra, que ganhou os prêmios Eisner e Ignatz, mostra diversas histórias sobre a relação das mulheres negras com o seu cabelo. A partir desse tema, a autora traz um aprofundado e sincero debate sobre racismo e identidade.

Meu Diário de Nova York é a primeira obra de Julie Doucet a sair no Brasil. A autora é um dos principais nomes do underground nos quadrinhos e publica desde os anos 1980. A editora traz ainda Esportes São O Inferno, de Ben Passmore, uma crônica sobre a explosão de confrontos e revoltas raciais entre torcedores.

Ônibus Noturno, de Zuo Ma, revela ao Brasil um dos principais expoentes da cena chinesa de quadrinhos, o que ainda conhecemos muito pouco. O Discurso da Pantera, do francês Jérémie Moreau, aborda temas como solidão e morte e Nectarina, da australiana Lee Lai, mostra em profundidade a relação de um casal em crise.

Outros dois livros divulgados na live já tinham sido anunciados: o terceiro volume de Hip Hop Genealogia, de Ed Piskor, sobre a história do hip hop e Rosie na Floresta, de Nathan Cowdry, HQ de humor ácido e nonsense.

A editora também já anunciou que lançará ainda este ano um novo quadrinho de Marcelo D’Salete, autor de Angola Janga. O nome e data de lançamento ainda não foram revelados.

Cena de Rosie Na Floresta. (Divulgação).
Leia Mais
Revista Propágulo abre exposição coletiva com 11 artistas pernambucanos