Lenda dos quadrinhos italianos, Milo Manara fez sua fama com quadrinhos eróticos. O autor tem uma produção robusta, com passagem por diferentes gêneros, mas é mais conhecido pelo modo com que explora a sensualidade das personagens femininas. Nestes últimos dias, porém, o artista tem mostrado uma sensibilidade um tanto diferente para retratar a pandemia no novo coronavírus em uma homenagem às mulheres que trabalham durante esta crise.

Leia Mais
Fachadas urbanas contra o coronavírus
O diário pessoal do coronavírus de Charli XCX
Coronavírus e a epidemia de fake news
Fachadas do mundo todo contra o corona
Contágio social: um e-book sobre o coronavírus

Isolado em quarentena na Itália, Manara tem postado diferentes desenhos – e uma HQ inteira – com uma outra abordagem das imagens de mulheres. Saem as poses sensuais, a pouca roupa e a hiper-sexualização para uma arte em que destaca o trabalho de profissionais dos serviços essenciais. Policiais, motoristas, entregadoras, servidoras da limpeza, enfermeiras e demais trabalhadoras que seguem na labuta para manter tudo funcionando apesar da epidemia.

“Eu segurei meu lápis na mão, mas não conseguia desenhar. Estava tudo tão desolado ao meu redor. (…) Não consegui encontrar o espírito para esboçar nada que fosse sereno. Então tentei prestar uma homenagem a essas lutadoras. Todas heroínas: enfermeiras, médicas… mas também caixas de supermercados. Então a vontade de desenhar voltou até mim”, disse Manara ao Washington Post.

O estilo de Manara ainda é facilmente reconhecível nessas suas obras da quarentena, mas agora com um foco totalmente diferente.

A Itália é um dos países mais afetados pela pandemia do novo coronavírus, com 152 mil casos e mais de 19 mil mortes.

Veja abaixo alguns dos desenhos que Manara vem publicando em seu Facebook.

Milo Manara publica quadrinhos desde o final dos anos 1960. Suas HQs mais conhecidas é O Clic e O Perfume do Invisível, que saíram no Brasil pela editora Conrad. Suas obras são publicadas atualmente pela Veneta, que acaba de lançar o segundo volume da biografia de Caravaggio.

Leia Mais
Um papo com a banda pernambucana Mulungu, que lança single de estreia