Trabalho de Celene. (Divulgação).

Trabalho de . (Divulgação).

Mais uma ação da começa neste final de semana no Recife. Novos quadros de , e Celene Muniz estarão em cartaz desta sexta até domingo na galeria de arte Estação 4Cantos, na Cidade Alta.

O MIMOdifique é um evento independente organizado pela classe artística local em resposta ao cancelamento do festival MIMO em Olinda. A exposição vai de sexta (20) até domingo (22).

Mais: Os shows do MIMOdifique

Arquiteta por formação, Marília Didier aposta em pinturas que lidam com as fronteiras entre o abstrato e o figurativo. A artista plástica recifense assina telas de grandes dimensões (a partir de 1 metro quadrado) e usa a técnica de pintura em acrílico. Ao todo, são dez novos quadros, produzidos este ano.

“São pinturas contemporâneas, de traços rápidos. Em alguns deles, consegue-se identificar o figurativo, mas essa percepção é muito solta”, explica Marília, pintora há 18 anos e com experiência de já ter exposto em lugares importantes, como a Fundação Gilberto Freyre e Museu do Estado, além, no Exterior, do Museu Histórico da Bulgária.

Já Celene Muniz vai levar novos quadros figurativos que fazem parte da sua série sobre ícones da música, cinema e das artes em geral. Tratam-se de dez telas em acrílico, de variados tamanhos, entre 40cmx40cm e 50cmx50cm. Pinturas de Janis Joplin, Maria Betânia e Dalva de Oliveira são algumas das novidades do acervo. “Também gosto de pintar o que observo. Existe um quadro que fala muito o que é música para mim, que é o de um músico de rua tocando um sax na Avenida Paulista, em São Paulo. Rabisquei em um guardanapo e depois passei para a tela”, comenta Celene, sobre seu processo criativo.

Heverton em fase abstrata. (Divulgação).

Heverton em fase abstrata. (Divulgação).

E Heverton expõe dez novos quadros novos, que comportam a atual fase abstrata do artista. Nas telas, Dadá, seu apelido de infância, evidencia seu ofício herdado do seu tio-avô, o pintor e professor Amaro Crisóstomo, com maturidade: aborda lugares, natureza morta, peixes e pássaros como temas abstratos e poéticos. Os quadros da exposição coletiva poderão ser vistos na galeria e na loja de artes do Estação 4 Cantos.

A Estação 4Cantos fica na Rua Prudente de Moraes, 440, Sítio Histórico de Olinda.

Sem mais artigos