Adeus ao cartunista francês Jean-Jacques Sempé, aos 89 anos

O cartunista ficou mundialmente famoso com suas ilustrações

Sempé/ Reprodução

O cartunista francês Jean-Jacques Sempé faleceu aos 89 anos em sua casa de férias, rodeado por sua esposa e amigos próximos na última quinta-feira (11), em seu país de origem. Sempé é um dos maiores nomes dos cartuns, tendo se consagrado mundialmente com as inúmeras capas que ilustrou para o jornal The New Yorker e com as HQs do O Pequeno Nicolau.

O artista começou sua carreira inda nos anos 1950 e pouco a pouco foi se tornando um dos cartunistas mais renomados do mundo. De acordo com o jornal The Guardian, Sempé se descrevia como um eterno otimista e após escapar uma infância violenta e complexa perto de Bordeaux, foi capaz de criar uma arte sensível e tocante.

Ele foi a pessoa que mais realizou capas para o The New Yorker com uma expressiva coleção de mais de 100 volumes e, sempre se utilizando do traço delicado, trazia pautas importantes para o papel, discutindo as relações na cidade.

Sempé é também autor de Senhor Lambert, em que narra o cotidiano de um bistrô francês e seus frequentadores.

Cartum de Sampé/ Reprodução
Leia Mais
5 Seconds of Summer revela o single “BLENDER” na mistura do pop e do punk pop