Mostra de Cinema de Tiradentes abre agenda de 2023 do audiovisual brasileiro

De 20 a 28 de janeiro festival leva sessões e atividades variadas a cidade de Minas Gerais

Longa A Invenção do Outro fará parte da Sessão Debate da mostra. (Divulgação).

A Mostra de Cinema de Tiradentes abre a agenda do audiovisual brasileiro com sua 26ª edição. De 20 a 28 de janeiro, o festival que serve como uma plataforma de lançamento do cinema brasileiro contemporâneo, vem também para promover atividades de formação, como debates, oficinas, sessões comentadas, rodas de conversa, lançamento de livros, performances musicais, exposições e atrações artísticas.

Em nove dias de programação gratuita, serão exibidos 134 filmes de 19 estados em 57 sessões de pré-estreias e mostras temáticas em três cinemas instalados na cidade de Minas Gerais – Cine-Praça, Cine-Tenda e Cine-Teatro.  Na plataforma do evento, o público poderá assistir a 40 filmes da programação e acompanhar os debates que serão disponibilizados para acesso gratuito.

Dentro da grade de atividades, acontecerá o 1º Fórum de Tiradentes – Encontros pelo Audiovisual Brasileiro, de 21 a 25 de janeiro, que vai reunir mais de 50 profissionais de diversos segmentos do audiovisual brasileiro para o diagnóstico dos pontos críticos da atividade e a construção de balizadores para a formulação de novas políticas públicas, tendo por atenção prioritária o fortalecimento das cadeias produtivas regionais e garantias para a diversidade de expressão.

A abertura da Mostra vai acontecer na noite do dia 20 de janeiro, a partir das 20h30, contando com a homenagem aos cineastas mineiros radicados na Bahia Ary Rosa e Glenda Nicácio, a apresentação da temática “Cinema Mutirão” e a exibição, em pré-estreia, de Mugunzá, novo filme da dupla de realizadores.

A programação completa está no site do evento. 

Leia Mais
Em parceria inédita, Alice Caymmi e Chico César dividem os vocais na nova faixa “Do Acaso”