Cartaz original de "O Apartamento".
Cena do clássico Céu Negro, que estreia no Recife. (Divulgação).
Cena do clássico Céu Negro, que estreia no Recife. (Divulgação).

Cinco clássicos do cinema em preto e branco, produzidos na Espanha dos anos 50, serão exibidos de terça (5) a sábado (9) na Livraria Cultura do Paço Alfândega, no Recife. A iniciativa é do Instituto Cervantes e traz uma mostra da renovação do cinema europeu pós-Segunda Guerra Mundial.

Os filmes mostram parte da revolução que trouxe novas temáticas e impulsionou o neorrealismo no cinema europeu. Essa estética contrastou com os gêneros traçados por Hollywood nas décadas anteriores. A sociedade europeia buscava inspiração para se reconstruir depois da tragédia que foi Segunda Guerra e o cinema se apresentou com algumas respostas.

Trata-se de um momento em que a cinematografia se espalha por toda Europa buscando novos modelos de expressão e os profissionais do cinema começam a construir uma indústria europeia, viajando entre países e começando a coproduzir, como forma de apresentar um desenho do cinema em um contexto internacional, para um público transnacional e heterogêneo.

"O Engodo": cinema espanhol como espelho do pós-Guerra. (Divulgação).
“O Engodo”: cinema espanhol como espelho do pós-Guerra. (Divulgação).

A mostra Clássicos do Cinema Espanhol em Preto e Branco traz um programa que ilustra esse período apresentando filmes que são clássicos do cinema espanhol. De um lado, há dois filmes realizados por diretores europeus estabelecidos na Espanha. O húngaro Ladislao Vajda, autor da famosa obra Marcelino, Pão e Vinho, com seu O Engodo. Em segundo lugar, o italiano Marco Ferreri, em colaboração com o roteirista Rafael Azcona, representa a nova geração de cineastas cuja proximidade dos gêneros convencionais, neste caso a comédia, está coberta de elemento de escuridão e subversão, que supõem uma hilariante crítica às convenções sociais das classes médias, materializadas na obra O Apartamento.

Quinto Distrito responde à saga do cinema policial que se fomenta nos estúdios de Madri e Barcelona com uma interessante. A mostra traz ainda Céu Negro, que representa a aposta pelo melodrama de outro grande diretor espanhol, Manuel Mur Oti. Entrelaçando os formatos de cinema feminino norte-americano com melodrama mexicano, a história interpretada por Susana Canales se aprofunda em uma sociedade solitária e maltratada. E finalmente, A Vida Pela Frente, uma das produções da série dirigida pelo ator Fernando Fernán Gómez e interpretada pela atriz argentina Analía Gadé, reinventa a comédia de costumes a partir da ótica da vida instável que todo jovem casal está obrigado a viver, numa sociedade onde as oportunidades não aparecem facilmente.

"O Quinto Distrito" subverte o gênero policial. (Divulgação).
“O Quinto Distrito” subverte o gênero policial. (Divulgação).

As exibições acontecerão no auditório da Livraria Cultura do Paço Alfândega, na Rua Madre de Deus s/n, no Recife Antigo, sempre às 19h. A entrada é gratuita.

Veja os trailers:

Cartaz original de "O Apartamento".
Cartaz original de “O Apartamento”.
Leia Mais
Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore torna franquia Harry Potter mais opaca