Motivos para Cavar a Terra, livro de poesia ganhador do Prêmio Cepe é lançado na Bienal de São Paulo

A terceira obra de Lilian Sais adentra questões atuais da pandemia e questões politicas

Lilian Sais, autora de Motivos para Cavar a Terra. (Foto: Divulgação).

Motivos para Cavar a Terra, obra poética da paulistana Lilian Sais, foi o livro vencedor na categoria poesia do Prêmio Cepe Nacional de Literatura e foi lançado na Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

O livro se baseia na ideia de que não se cava apenas para enterrar algo, também se cava para plantar e colher novos sentimentos. Escrita durante a pandemia do coronavírus, a obra traz assuntos do momento histórico atual como aquecimento global, política e, é claro, a pandemia. 

A capa do livro Motivos para Cavar a Terra. (Divulgação).

Este é o terceiro livro de poesia da autora, que em 2021 lançou Uma Baleia Nunca Dorme Profundamente e, no ano de 2018, Acúmulo. Para produzir sua mais recente obra, Lilian afirmou que se sentiu motivada a escrever a obra em um momento de encontro entre demandas pessoais e a pandemia. 

“No âmbito pessoal, eu pensava sobre a inutilidade do esforço do trabalho. No âmbito coletivo, sobre a pandemia e as obrigações que seguem existindo, o capitalismo tardio e o buraco em que o país vai se afundando em meio ao fascismo. Como lidar com as demandas diante do caos?”, explicou Lilian. 

“Há um campo metafórico que me interessa muito no tema da terra. Sei que não sou a única que vem pensando intensamente sobre isso, em especial depois do que estamos vivendo desde 2020. Mas, para além do momento histórico, há toda uma simbologia a respeito da terra e do ato de cavá-la que é muito rica. Então fiquei pensando nessas escavações como um fio que nos une, a todos, ao qual em última instância chamo de realidade”, completou a autora.

Leia Mais
Palco Recife Cidade da Música leva shows e cortejos de agremiações ao bairro do Recife