Música

Jup do Bairro: “Resisto, insisto, existo”

Artista comenta seu primeiro trabalho solo, CORPO SEM JUÍZO, carreira, sonhos e a importância de aprofundar o debate da representatividade: "É sempre muito importante ressaltar que o meu local de fala não significa o seu local de silêncio"

Críticas

Últimas

Artista comenta seu primeiro trabalho solo, CORPO SEM JUÍZO, carreira, sonhos e a importância de aprofundar o debate da representatividade: "É sempre muito importante ressaltar que o meu local de fala não significa o seu local de silêncio"

05/07/2021, 12:09