O Boogarins lança Fefel 2020, um compacto de duas músicas inéditas que os músicos estão chamando de “Músicas para a Quarentena“. Por conta da pandemia do coronavírus, o grupo goiano cancelou os shows marcados para este primeiro semestre.

Gravadas por Raphael Vaz, as duas músicas fazem parte de uma história envolvendo viagens pelo mundo dos integrantes do grupo.

Era 2018, ano das últimas sessões do Sombrou Dúvida, quando Benke foi convidado para uma espécie de residência artística por dez dias em Berlim. De lá trouxe um presente para cada um dos Boogarins restantes. Discos de vinil para Ynaiã, um livro para Dinho e uma Kalimba de 4 notas para Fefel. Era a primeira viagem que ele fez sem a banda, da qual voltou visivelmente abalado.

“Ao me entregar o presente ele encomendou uma música. ‘Inocência’ é a encomenda, um loop de dois acordes do violão pequeno, onde a kalimba e a melodia fazem a função de separar as partes da música. Uma canção lúdica e singela. Mostrei a música e meus amigos choraram muito, disseram que a banda não iria gravar aquela demo nunca. Benke me disse que tinha muitos planos para me ajudar a realizar meu sonho, que é o sonho de ser importante. Este ano meus amigos acharam que era o meu ano, 2020, o ano em que faço 30 e meu cabelo cai”, diz Fefel.

“Tanta Coragem” e “Inocência” compõem o compacto Fefel 2020 que antecede o álbum de outtakes Manchaca que a banda lança em breve. Os dois singles estarão disponíveis inicialmente para streaming/download apenas no site da banda.

Em razão da pandemia ocasionada pelo coronavírus, os shows marcados em São Paulo, Goiânia e Uberaba foram adiados, mas ainda sem novas datas previstas.

Leia Mais
Faça Uma Playlist: “You Know I’m No Good”, Amy Winehouse