art-russo-homofobia-lei-antigay-600x302

A gente acompanha a situação na Rússia através dos noticiários e fica imaginando que a vida por lá não está fácil. Por vezes, eu me peguei pensando como deve ser viver num país que reprime tanto as pessoas o que os veículos de informação podem ou não dizer.

Se você vive em uma bolha e não sabe do que eu estou falando, em junho o presidente da Rússia, Vladimir Putin, sancionou uma lei que proíbe qualquer tipo de “propaganda gay”. Desde então, protestos ao redor do mundo contra o governo de Putin e a lei homofóbica não param de acontecer. Artistas de grande porte como Cher e o ator Wentworth Miller se recusaram a visitar o país por causa da situação.

Mas como é o dia a dia de quem vive em Moscou? Nosso parceiro Neto Lucon foi atrás e conversou com um jovem russo e gay, Art Vakh, de 26 anos, que comentou como é conviver 24 horas por dia com o preconceito no país. Leia mais no nosso parceiro NadaErrado.

Leia Mais
Revista reúne depoimentos de Linn da Quebrada, Jean Wyllys e Marina Lima para arrecadar fundos para ONG LGBQIA+