cinemaaspirinas
Cena de Cinema, Aspirinas e Urubus, que será exibido no festival. (Divulgação)

Recife ganha mais um novo projeto de cinema ao ar livre. O NET Cine Fun será realizada nos quatro primeiros domingos de agosto, no Barchef, em Casa Forte e trará filmes que têm o Sertão nordestino como tema. O evento acontece nos domingos de agosto, dias 17, 24 e 31, sempre a partir das 19h.

Leia Mais
Uma conversa sobre o cinema pernambucano atual

As obras foram selecionadas com a curadoria de Geraldo Freyre, da FUNDAJ, juntamente com Chico Ribeiro, da REC. Produtores. Entre os escolhidos, estão longas e curtas como Baile Perfumado, Árido Movie, O Mundo É Uma Cabeça e Véio.

Cada sessão do NET Cine Fun terá capacidade para 500 pessoas. Serão disponibilizados assentos no local, mas os espectadores também poderão levar suas toalhas e cangas para forrar o gramado e assistir estas grandes obras. Os ingressos custam apenas R$ 5 e já podem ser adquiridos pelo site Eventick, ou no local, no dia da exibição.

Toda a renda arrecadada será revertida em doações para a ONG Ação Solidária no Sertão, fundada em 2012, com a intenção de arrecadar alimentos e água para as cidades que sofrem com a seca no interior de Pernambuco. Durante o período do evento, o Barchef também receberá doação de alimentos para quem quiser colaborar com a ONG.

Veja a programação:

(03/08):
Curta: O Mundo é uma Cabeça

Sinopse: O Manguebeat é um movimento que eclodiu no início dos anos 90 em Pernambuco. E o filme mostra essa história e a trajetória do seu principal protagonista: Chico Science.
Diretor: Claudio Barroso

Longa: Baile Perfumado
Sinopse: Conta a saga do mascate libanês Benjamin Abrahão, responsável pelas únicas imagens de Virgulino Ferreira, o Lampião, no sertão brasileiro. Amigo íntimo do famoso Padre Cícero, Benjamim mascateava pelo sertão e exercitou seu espírito mercantilista convivendo intimamente com o bando de Lampião. Dessa forma, infiltrou-se no grupo para colher imagens e vender os registros do famoso criminoso do Cangaço pelo mundo afora.
Diretor: Paulo Caldas

(17/08):
Curta: Solidão Pública

Sinopse: Pessoas paradas diante de uma câmera em praça pública no Brasil. Uma reflexão sobre a imagem humana durante três minutos num processo de observação coletiva de nós mesmos sozinhos em cena.
Diretor: Daniel Aragão

Longa: Cinema, Aspirinas e Urubus
Sinopse: Em 1942, no meio do sertão nordestino, dois homens vindos de mundos diferentes se encontram. Um deles é Johann (Peter Ketnath), alemão fugido da 2ª Guerra Mundial, que dirige um caminhão e vende aspirinas pelo interior do país. O outro é Ranulpho (João Miguel), um homem simples que sempre viveu no sertão e que, após ganhar uma carona de Johann, passa a trabalhar para ele como ajudante. Viajando de povoado em povoado, a dupla exibe filmes promocionais sobre o remédio “milagroso” para pessoas que jamais tiveram a oportunidade de ir ao cinema. Aos poucos surge entre eles uma forte amizade.
Diretor: Marcelo Gomes

24/08
Curta: Véio

Um artesão, no interior do Estado de Sergipe, constrói com suas esculturas, no sítio onde vive, um universo particular a que denomina “Nação Lascada”, nome bastante sugestivo, pois retrata em suas peças, esculpidas em madeira bruta e expostas a sol e chuva, a realidade que vive o homem do interior do nordeste brasileiro. Em seu documentário “Véio”, a diretora Adelina Pontual apresenta a rotina e as idéias dessa figura insólita e de seu fantástico mundo, numa linguagem simples e direta.
Diretor: Adelina Pontual

Longa: Árido Movie
Sinopse: Jonas (Guilherme Weber) é o repórter do tempo de uma grande rede de TV, que mora em São Paulo mas está rumo à sua cidade-natal, localizada no interior do nordeste. O motivo é a morte de seu pai (Paulo César Pereio), com quem teve pouquíssimo contato e que foi assassinado inesperadamente. Jonas enfrenta problemas para chegar à cidade, até que recebe carona de Soledad (Giulia Gam), uma videomaker que está fazendo um documentário sobre a água no sertão. Ao chegar ele encontra uma parte da família a qual não conhecia até então, que lhe cobra que se vingue da morte do pai.
Diretor: Lirio Ferreira

(31/08)
Curta: Quinha

Quinha e sua mãe Rosa, estão à caminho de seu batizado e procura por seus próprios milagres. Quinha procura sinais de mágica, Rosa segue esperando a volta de seu marido. Elas se reencontram como uma família completa, de duas mulheres.
Diretor: Caroline Oliveira

Longa: Deserto Feliz
Sinopse: Jéssica (Nash Laila) é uma jovem de 14 anos que vive em Deserto Feliz, uma cidade do sertão pernambucano. Após ser violentada pelo padrasto, sob o olhar cúmplice de sua mãe, ela decide fugir para Recife. Ao chegar na cidade ela passa a trabalhar no turismo sexual, até conhecer o afeto através de Mark (Peter Ketnath), um turista alemão.
Diretor: Paulo Caldas

Serviço:
NET Cine Fun
Onde: Barchef, Av. 17 de agosto, 1893 – Casa Forte
Quando: 03, 17, 24 e 31 de agosto
Horário: 19h
Quanto: R$ 5 no site eventick
​Venda de ingressos: pelo site (www.eventick.com.br/netcinefun) ou diretamente no local
​Informações: (81) 9600.6100

Leia Mais
Documentário sobre os Racionais MC’s ganha data de lançamento