O que o futuro reserva para os quadrinhos no Brasil – e como os quadrinhos veem nosso futuro? Foi com isso em mente que produzimos a quarta edição da revista Plaf. A edição tem capa assinada por Amanda Miranda.

O artigo de capa da Plaf 4, refletindo sobre essa questão, é assinado por Rogério de Campos, editor da Veneta e uma das figuras mais importantes na história do mercado de HQs no país.

Falando em capa, a ilustração é de Amanda Miranda, que nos traz ainda uma versão alternativa de sua bela HQ distópica Sangue Seco Tem Cheiro de Ferro. As outras HQs deste número são de Adri.A, com uma história exclusiva do Cara-Unicórnio (maior super-herói brasileiro da atualidade), e de Henrique Magalhães (com sua icônica Maria).

Quem também nos ajudou a refletir sobre aquilo que nos aguarda foram Luli Penna, em entrevista à tradutora e pesquisadora Maria Clara Carneiro; Gabriela Borges, do Mina de HQ, investigando para onde aponta nossa produção atual de HQs; e Nuno Talicosk, refletindo sobre o que significa a diversidade que vemos hoje nas convenções de quadrinhos.

A Plaf #4 estará disponível em breve, em nossa loja online e em diversas lojas físicas por todo o Brasil. Fique ligado!

Adquira as outras edições da Plaf em nossa loja online. A revista também está à venda pela internet na Banca Tatuí e Ugra Press. As três primeiras edições também estão disponíveis para download gratuito.

Leia Mais
Entrevista com Marcelo D’Salete: “O racismo opera na lógica de negar a humanidade dos outros”