O novo EP de , projeto solo do músico paraibano Leo Marinho, foi gravado durante a pandemia da Covid-19 e traz quatro faixas embaladas pelo chamado digital reggae.

Lançado com o selo virtual Hominis Canidae REC, o álbum traz guitarra, baixo, sintetizadores, programações, samplers e até escaleta, instrumento bastante usual no reggae, caracterizado por um timbre agradável de ouvir. Todo o conceito do trabalho é um convite para o ouvinte desacelerar, que fica evidente tanto nos arranjos quanto nas letras.

O EP também conta com uma versão Dub de um single produzido por Amaro Mann em 2020 com o cantor Potiguar Zé Caxangá, um dos músicos mais atuantes do cenário musical potiguar.

“Quem trabalha com música está tendo que se desdobrar para continuar ativo, procurando por editais, criações colaborativas e outras formas de criar e vender seu trabalho. Para mim, “Refúgio” representa a resiliência da categoria, é entrega, é amor, tranquilidade, paz e espiritualidade. Espero que seja tudo isso e muito mais para quem o ouvir, proporcionando momentos de alegria e do mais puro descanso”, relata Amaro Mann.

Leia Mais
Giovani Cidreira, que passa a assinar GIO, inicia nova fase com a música “Nebulosa”