sabotage2

13 anos depois de sua morte, tem seu disco inédito lançado na internet. O álbum póstumo homônimo tem 11 faixas que revelam a versatilidade musical do rapper. A produção é de Tejo Damasceno, Rica Amabis e Daniel Ganjaman.

Produzidas ao longo de dez anos, as faixas ganharam remasterização e contaram com participações especiais. A família do músico teve papel determinante nesse lançamento e chegaram a cantar em “Mosquito”, que tem vocais dos filhos do cantor.

O disco traz ainda a participação de Shyheim, do Wu-Tan Clan, Céu e BNegão (em “O Gatilho”) e Dexter, em “Quem Viver Verá”, gravada um dia antes de Sabotage morrer, em janeiro de 2003. O trabalho história inclui ainda “País da Fome (Homens Animais)”, continuação de “Rap é Compromisso”, maior hit da carreira do rapper.

Também participam do disco Negra Li, Mr. Bomba, Lakers, Duani, Fernandinho Beatbox, Funk Buia, Rodrigo Brandão e Sandrão.

Sabotage está disponível para audição no Spotify. Ouça:

Sem mais artigos