O brasileiro O Menino e o Mundo, de Alê Abreu.
O brasileiro O Menino e o Mundo, de Alê Abreu.

Uma das melhores surpresas do Oscar deste ano – ao menos para nós, brasileiros – é a indicação de O Menino e o Mundo, de Alê Abreu, como melhor indicação ao Oscar na categoria melhor animação. Os indicados foram anunciados pelos diretores Ang Lee, Guillermo Del Toro e John Strazynski nesta quinta (14).

O filme de Alê Abreu colecionou prêmios em diversos festivais, incluindo o troféu principal no prestigiado Festival de Annency, considerado o mais importante do gênero. A trama traz um menino vagando por diversos locais após perder os pais. É um trabalho que questiona com delicadeza o modelo atual do capitalismo. É ótimo ver esse longa nacional entre os indicados, ainda que suas chances de vitória sejam pequenas. O grande favorito é Divertidamente, da Disney, sucesso de crítica e público.

Na categoria melhor filme foram oito indicados: A Grande Aposta, Ponte dos Espiões, Brooklyn, Mad Max – Estrada da Fúria, Perdido em Marte, O Regresso, O Quarto de Jack e Spotlight – Segredos Revelados. Entre as categorias de atuação, os favoritos desta temporada deram as caras, como é o caso de Cate Blanchett (Carol), Leonardo DiCaprio (O Regresso) e Alicia Vikander (A Garota Dinamarquesa).

O Regresso, de Alejandro Iñarritu, foi um dos mais indicados. (Divulgação).
O Regresso, de Alejandro Iñarritu, foi um dos mais indicados. (Divulgação).

Star Wars – O Despertar da Força, o maior blockbuster dos últimos tempos e o grande retorno da saga intergaláctica da Lucasfilm, ganhou menções apenas nas categorias técnicas, além da merecida lembrança de John Williams como indicado a melhor trilha sonora.

Veja a lista completa dos indicados:

Melhor filme
A grande aposta
Ponte dos espiões
Brooklyn
Mad Max – Estrada da Fúria
Perdido em Marte
O regresso
O quarto de Jack
Spotlight

Melhor ator
Bryan Cranston (“Trumbo”)
Matt Damon (“Perdido em marte”)
Leonardo DiCaprio (“O Regresso”)
Michael Fassbender (“Steve Jobs”)
Eddie Redmayne (“A garota dinamarquesa”)

Melhor atriz
Cate Blanchett (“Carol”)
Brie Larson (“O quarto de Jack”)
Jennifer Lawrence (“Joy”)
Charlotte Rampling (“45 anos”)
Saoirse Ronan (“Brooklyn”)

Melhor atriz coadjuvante
Jennifer Jason Leigh – “Os Oito Odiados”
Rooney Mara – “Carol”
Rachel McAdams – “Spotlight – Segredos Revelados”
Alicia Vikander – “A Garota Dinamarquesa”
Kate Winslet – “Steve Jobs”

Melhor ator coadjuvante
Christian Bale – “A Grande Aposta”
Tom Hardy – “O Regresso”
Mark Ruffalo – “Spotlight – Segredos Revelados”
Mark Rylance – “Ponte dos Espiões”
Sylvester Stallone – “Creed – Nascido Para Lutar”

Melhor diretor
Alejandro G. Iñarritu (“O regresso”)
Tom McCarthy (“Spotlight”)
George Miller (“Mad Max: A estrada da fúria”)
Adam McKay (“A grande aposta”)
Lenny Abrahamson (“O quarto de Jack”)

Melhor animação
“Anomalisa”
“O menino e o mundo”
“Divertida mente”
“Shaun, o carneiro”
“Quando estou com Marnie”

Melhor filme estrangeiro
“Abraço da Serpente” (Colômbia)
“Cinco Graças” (França)
“O Filho de Saul” (Hungria)
“Theeb” (Jordânia)
“A war” (Dinamarca)

Melhor fotografia
“Carol”
“Os oito odiados”
“Mad Max”
“O regresso”
“Sicario”

Melhor figurino
“Carol”
“Cinderela”
“A garota dinamarquesa”
“Mad Max”
“O regresso”

Melhores efeitos visuais
“Ex Machina”
“Mad Max”
“Perdido em Marte”
“O regresso”
“Star Wars”

Melhor montagem
“A grande aposta”
“Mad Max”
“O regresso”
“Spotlight”
“Star Wars”

Melhor edição de som
“Mad Max”
“Perdido em Marte”
“O regresso”
“Sicario”
“Star Wars”

Melhor mixagem de som
“Ponte dos espiões”
“Mad Max”
“Perdido em Marte”
“O regresso”
“Star Wars”

Melhor curta de animação
“Bear Story”
“Prologue”
“Sanjay’s Super Team”
“We can’t live without Cosmos”
“World of tomorrow”

Melhor curta de live action
“Ave Maria”
“Day one”
“Everything will be okay (Alles Wird Gut)”
“Shok”
“Stutterer”

Melhor cabelo e maquiagem
“Mad Max”
“The 100-year-old man who climbed out the window and disappeared”
“O regresso”

Melhor documentário
“Amy”
“Cartel Land”
“The look of silence”
“What happened, Miss Simone?”
“Winter on fire: Ukraine’s Fight for Freedom”

Melhor documentário de curta-metragem
“Body team 12”
“Chau, beyond the lines”
“Claude Lanzmann: Spectres of the Shoah”
“A Girl in the River: The Price of forgiveness”
“Last day of freedom”

Melhor canção original
“Earned it” (“Cinquenta tons de cinza”)
“Manta Ray” (“Racing extinction”)
“Simple song #3” (“Youth”)
“Writing’s on the wall” (“007 contra Spectre”)
“Til it happens to you” (“The hunting ground”)

Leia Mais
CCXP Awards anuncia lista de indicados e abre votação da sua primeira edição