moroder

Ícone da dance music, Giorgio Moroder retorna aos holofotes graças ao Daft Punk. Hora de conhecer hits dos seus quase 50 anos de carreira

Por Rafael Curtis
Da Revista O Grito!

O novo disco do Daft Punk já tem um feito incontestável: recuperar o prestígio de Giorgio Moroder, gênio italiano da disco-music, que produziu artistas como Donna Summer, Blondie, Freddie Mercury, Berlin e David Bowie. Mas, sua produção como artista solo é bem vasta, começando nos anos 1960 e chegando até os dias de hoje.

Cantando em inglês, italiano, espanhol e italiano, Moroder (nascido Hansjörg Moroder, na Itália), ele ficou famoso por gerar hits como “Looky Looky” e “Chase”, trilha do filme Expresso da Meia-Noite, além de fazer parte da febre que foi a disco-music nos anos 1970. Já nos anos 80, ele experimentou ainda mais e trouxe novidades na música eletrônica do período. E de novo chegou às paradas inglesas, com “Together in Electric Dreams” (do disco Philip Oakey & Giorgio Moroder).

Giorgio-Moroder-e1338324206779

Aqui no Brasil ele ficou conhecido por fazer parte da trilha da novela Selva de Pedra, de 1972, com a música “Son Of My Father”.

Todas as fotos: Divulgação
Todas as fotos: Divulgação

Um tanto apagado nos holofotes desde 1997, quando ganhou um Grammy ao lado de Donna Summer pelo hit “Carry On”, Moroder foi resgatado pelo Daft Punk, que o trouxe para o aguardado disco Random Access Memories, espécie de reverência ao legado da música eletrônica pré-samplers. O disco será todo tocado e conta com produtores que representam passado e presente do gênero, coo Nile Rodgers, Todd Edwards e Pharrell. Em uma entrevista ao Creators Project, Moroder afirmou que o álbum “é um passo à frente” em relação ao dance music.

A revista inglesa Dazed and Confused deste mês dedica sua capa à Moroder, confirmando a reverência indicada pelo Daft Punk e que agora deverá ser seguido por todos. Nada mais justo. Esperamos mais trabalhos inéditos do músico italianoagora que foi chamado de volta aos holofotes.

Ao lado de Donna Summer, nos anos 1970.
Ao lado de Donna Summer, nos anos 1970.

Veja alguns trabalhos marcantes de Moroder.


“Bla, Bla Diddley” (1966)


“Looky Looky” (1969)


“Son Of My Father” (1972)


“From Here To Eternity (1977)”


“Baby Blue” (1978)


“Chase” (1978)


“E=MC² (1980)”


“Together In Electric Dreams (com Philip Oakey)” (1984)


“To Be Number One” (feita para a Copa do Mundo da Itália, em 1990) (1990)

Leia Mais
Johnny Hooker mostra capa do novo single “Amante de Aluguel”, que chega esta semana