anitta

Se é possível analisar Anitta friamente (um verdadeiro desafio), comecei cometendo um erro terrível: investigar a história dela. E aí você descobre que Anitta já estava por aí há algum tempinho e que “Meiga & Abusada” e outras peças de decoração como “Menina Má” tinham feito algum sucesso, que a donzela tem 20 aninhos (i’m getting old) e que, infelizmente, namorou “””””Mr. Thug”””””, uma das ~~~cabeças~~~ por trás do Bonde da Stronda, sem dúvida uma das maiores atrocidades que esse país já produziu.

Dito isso, “Show das Poderosas” aparece como um dos grandes hits do ano. A fórmula, descarada, mergulha na obviedade de imitar Beyoncé, a líder desse movimento “bombshell girl power” pós-Spice Girls, a gostosona dona de si que bota o macho em seu lugar e convoca “todas as solteiras” pra tocar o terror. Leia completo no Movin’Up.

Leia Mais
Cantora pernambucana Gabi da Pele Preta lança EP de estreia