Foto: Reprodução/Facebook.
Foto: Reprodução/Facebook.

Uma conta não-verificada de postou no Instagram uma homenagem às vítimas da chacina na sede da revista francesa , em Paris. A imagem foi atribuída à Banksy, e apesar de não ser oficial, traz uma poderosa mensagem de defesa da liberdade de expressão ao mostrar que um lápis quebrado sempre pode ser afiado novamente.

O perfil de Instagram tem quase 1 milhão de seguidores, mas não é a mesma operada oficialmente pelo famoso artista plástico inglês. Ele não chegou a negar a autoria, mas

Diversos artistas e cartunistas demonstraram apoio a um dos maiores atentados já registrados contra a imprensa no mundo. Na manhã desta quarta 12 pessoas foram mortas em um atentado na região da Bastilha, em Paris, na sede da revista conhecida pelas sátiras ao fanatismo religioso.

Entre os mortos estão os cartunistas Charb (Stéphane Charbonnier, que era diretor da publicação), Cabu (Jean Cabut), Tignous (Bernard Verlhac), Wolinski (Georgers Wolinski) e Honoré (Philippe Honoré), este último confirmado apenas à noite.

RIP

A photo posted by Banksy (@banksy) on

Leia Mais
Pequeno Encontro da Fotografia deste ano será virtual com mostras e oficinas