Nova edição da Plaf discute a realidade a partir dos quadrinhos

Com capa de Aline Zouvi, a revista traz entrevista com Kate Evans, reportagem sobre quadrinhos africanos e HQs inéditas de Aline Zouvi, Fernando Athayde, Chico Lacerda, Thaís Koshino e Bruno Maron

A revista Plaf, publicação impressa editada pelo site O Grito!, chega à sua sétima edição com diversos conteúdos que discutem o enquadramento do real a partir das histórias em quadrinhos.

 A capa é de autoria da quadrinista Aline Zouvi, que assina também uma HQ inédita nesta edição. Os quadrinistas Chico Lacerda, Fernando Athayde e Thaís Koshino assinam as outras histórias da Plaf #7. A revista custa R$ 20 e está à venda a partir desta terça (22) em nossa loja virtual e a partir da semana em lojas especializadas.

Neste sétimo número, a Plaf traz como matéria de capa um ensaio assinado por Ciro Marcondes, pesquisador, professor e colunista do site especializado Raio Laser. Nele, Ciro discute como os quadrinhos retratam nossa realidade e investiga o papel da linguagem das HQs na reflexão dos assuntos do nosso tempo, a partir das experiências de artistas que trabalham com jornalismo em quadrinhos, (auto)biografias, quadrinhos históricos e outros relatos afins.

Ainda permeando a mesma temática, a Plaf traz o making of de São Francisco (independente), premiada obra de Gabriela Güllich e João Velozo que une fotografia e quadrinhos sobre a transposição do rio de mesmo nome. E Letícia Ribeiro Carvalho entrevista Kate Evans, quadrinista inglesa que registrou o drama dos imigrantes em sua HQ Refugiados (Darkside Books). Temos ainda uma reportagem de Carol Ito sobre o mercado de quadrinhos infantis e um ensaio de Érico Assis sobre a relação entre profissionais da indústria dos quadrinhos e um assunto que muitos ainda veem como desconfortável: dinheiro.

Desbravando as cenas de outros países, o também professor e pesquisador Márcio dos Santos Rodrigues apresenta um panorama dos quadrinhos de África. Para finalizar, a Plaf #7 resgata a história de Nair de Teffé, uma das primeiras cartunistas do Brasil, em perfil assinado por Renata Arruda. E em nosso caderno de resenhas, comentamos obras como Péplum, Meu Mundo Versus Marta e Sabrina. Na seção Estante, o influenciador Thiago Carneiro (@AfroNerd_) fala de sua recepção à HQ Em Ondas, de Aj Dungo.

A revista Plaf tem o incentivo do Funcultura – Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura, do Governo do Estado de Pernambuco.

A revista custa R$ 20 e pode ser adquirida em nosso site. A Plaf #7 tem 60 páginas coloridas, capa em papel couché fosco 150g e acabamento envernizado, miolo em papel couché fosco 90g e tamanho 21x28cm.

A Plaf tem edição de Paulo Floro, Dandara Palankof e Carol Almeida. A edição de arte e diagramação é de Erika Simona e Igor Colares. Logo por Erika Simona. Revisão de Sergio Costa Floro e produção editorial por Alexandre Figueirôa e Paulo Floro.

Leia Mais
Denise Stoklos interpreta Clarice Lispector em apresentação única no Teatro Santa Isabel