O Prêmio Jabuti abriu as inscrições para a sua edição de 2020. Este ano a cerimônia terá como homenageada a escritora mineira Adélia Prado. Outra novidade é a inclusão da categoria “romance de entretenimento”.

A nova categoria foi criada para premiar os autores nacionais de ficção que normalmente não são lembrados pelos prêmios literários. Na prática, a ideia é atualizar o prêmio e prestar mais atenção ao que acontece na indústria editorial com obras voltadas para um público mais jovem.

“Buscamos com esse prêmio reconhecer autores nacionais de ficção para que se tornem tão populares quanto Tolkien, Shelley, Bram Stoker, Julio Verne, Charlotte Brontë”, disse à Folha Pedro Almeida, curador do prêmio.,

A categoria romance será chamada de “Romance Literário”.

A divisão provocou críticas de leitores, escritores e críticos literários. Para muitos esconde um preconceito literário e uma distinção estética. Já outros comemoram o fato de livros de gênero (policial, ficção-científica, etc) ganharem mais espaço.

https://twitter.com/takemeout/status/1239936667823345664

Nesta edição, quatro eixos foram as categorias principais: literatura, ensaios, livro e inovação. O Livro do Ano 2020 será escolhido entre as obras vencedoras dos eixos literatura e ensaios. As inscrições vão até 30 de abril e podem ser feitas através do site.

Leia Mais
Charli XCX divulga o primeiro single do novo disco feito totalmente durante a quarentena. Ouça “Forever”