Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Festival Internacional de Quadrinhos (FIQ), que acontece entre 13 e 17 de novembro em Belo Horizonte, acaba de divulgar mais um nome internacional. Desta vez, o convidado vem da África. Jérémie Nsingi nasceu na República Democrática do Congo e um dos nomes mais importantes dos quadrinhos da região.

Leia o que já publicamos sobre o FIQ

Ele começou sua carreira desenhando um folheto sobre aids, com financiamento da Embaixada do Canadá. Desde então, ele vem participando de diversas publicações coletivas, como o álbum Graines de Pro. Nsingi também atua na área de animação e já ganhou exposições em Angola e Tunísia.

Os quadrinhos africanos são bem desconhecidos no Brasil, com poucas exceções nas livrarias. Países como Angola, Congo e África do Sul têm uma produção regular que precise ser mais conhecida.

Divulgação
Divulgação
Leia Mais
Noite das Ideias acontece pela primeira vez no Recife