Cena de Azul Indiferente do Céu, de Shiko, que concorre como roteirista e desenhista (Foto: Divulgação/Marca de Fantasia)

shiko_azul

Cartunista, grafiteiro, ilustrador, roteirista, são muitas as definições sobre Shiko, mas em 2013 sua faceta de maior destaque foi a de quadrinista. Ele foi autor de Piteco – Ingá, HQ que faz parte da série de Graphic MSP, onde artistas mostram uma visão autoral dos personagens da Turma da Mônica. O autor lança agora outra história em quadrinhos, desta vez lançada de modo independente, O Azul Indiferente do Céu. O lançamento no Recife acontece nessa terça (17).

Leia Mais
Uma entrevista com Shiko

O Azul Indiferente do Céu é um álbum de poucas palavras em que o autor explora a violência das grandes metrópoles e é baseada em uma história real que aconteceu em 1987. Na ocasião, o defensor dos direitos humanos e ativista colombiano Héctor Abad Gomez trazia um poema de Jorge Luis Borges, “Epitáfio” no momento de sua morte. A HQ cria ficção em cima desse fato ao mostrar a história de um fotógrafo que presencia o crime.

É um trabalho gráfico muito ousado, que compara o bairro paraibano do Varadouro com a Colômbia de Hector. Nascido em Patos, na Paraíba, o autor começou em revistas indies como a Marginal Zine e ficou mais conhecido pela HQ Blue Note. Nos últimos anos vem se destacando como um dos maiores nomes dos quadrinhos brasileiros.

O Azul Indiferente do Céu tem 80 páginas e custa R$ 25. O lançamento é da editora Marca de Fantasia.

shiko_azul2

Shiko é hoje um dos maiores destaques das HQs BRs (Foto: Rafael Roncato/Divulgação)
Shiko é hoje um dos maiores destaques das HQs BRs (Foto: Rafael Roncato/Divulgação)
Leia Mais
HQ Um Lugar do Caralho marca a estreia da editora Hipotética