As Bahias sobem ao palco do Rec-Beat (Edu Pimenta/Divulgação).

O festival Rec-Beat divulgou a programação completa da edição deste ano. Entre os destaque estão , , que traz ao Recife seu show de comemoração aos 50 anos de carreira, o grupo e a rapper .

O Festival Rec-Beat acontece entre os dias 25 e 28 de fevereiro no Cais da Alfândega, durante os quatro dias do , de graça.

Jards Macalé vem ao Recife para comemorar 50 anos de carreira, em um show que traz sucessos como “Vapor Barato”, “Movimento dos Barcos” e também novidades como a trilha que fez para Big Jato, mais recente longa de Cláudio Assis. Macalé reforça uma tradição do Rec-Beat que é celebrar a importância de nomes relevantes da história da MPB, mas cuja sonoridade ainda se mantém moderna.

Rashid, outro destaque do lineup este ano, é um dos nomes mais conhecidos do rap brasileiro atual e traz ao palco do festival o show de A Coragem da Luz, seu novo disco. Fizemos uma resenha dele aqui.

Fortalecendo o time de destaques da nova cena independente, o Rec-Beat traz O Terno, power trio paulistano que é hoje um dos expoentes do rock no país. Eles fazem o lançamento do disco Melhor do Que Parece, uma união da MPB orquestrada com indie-rock. Outro destaque vem do Sergipe, , duo guitarra/bateria que busca no rock sessentista, no blues e na MPB as referências para o seu som pesado.

O Rec-Beat faz a estreia no Recife do , dupla de Salvador que atua no Bahia Bass, movimento que traz para o pagodão baiano elementos inovadores da música eletrônica mundial, como trap, ragga e dubstep. Vai ter também As Bahias e a Cozinha Mineira, combo que trabalha o soul e o pop com destaque para o poder vocal de suas integrantes e letras que falam contra a homofobia, transfobia e machismo.

Inna Modja, nome forte do hip hop hoje. (Foto: Marco Conti Šikić/Divulgação).

A nova cena pernambucana está bem representada no Rec-Beat este ano. apresenta seu disco, Levaguiã Terê, onde une ao piano elementos percussivos e ritmos vindos do Candomblé. A , banda formada por Juliano Holanda, Hugo Linns e Gilu Amaral sobe ao palco junto com a cantora e dançarina . O espetáculo promove um diálogo entre psicodelia, timbres exóticos e uma pitada de dança. Teremos ainda a banda Marsa, que lançou o trabalho de estreia Circular Movimento, de forte inspiração tropicalista.

Na escalação internacional, o festival apresenta Inna Modja, que chega ao Recife como um dos nomes mais celebrados do hip hop atual. Cantora e artista plástica do Mali ela apresenta uma conexão com as raízes africanas e letras que denunciam violência contra a mulher e injustiças sociais em seu país. Tem ainda La Dame Blanche, cantora cubana com formação em jazz que promove uma união entre o som tradicional da ilha caribenha com rap, ragga e rock. O , da Bélgica, traz um show performático onde o jazz, gospel e o rock experimental se encontram.

Da América do Sul o Rec-Beat traz a revelação da Colômbia, o Los Pirañas, som dançante com referências de brega romântico e rock dos anos 1960 e 70. A , da Argentina, aposta no free-jazz e no dub e o Negros de Harvar, nova banda de Chile une rimas sobre a realidade social do país com a forte tradição rítmica da salsa, cumbia, cha cha cha, merengue e bachata.

Das seis bandas internacionais que se apresentam este ano quatro são inéditas no Brasil. Veja a escalação completa:

Sábado, dia 25/02/17
20h – DJ Rimas.INC (PE)**
21h – The Baggios (SE)
22h – Seu Pereira e Coletivo 401 (PB)
23h10 – O Terno (SP)
00h30 – ÀTTØØXXÁ (BA)

Domingo, dia 26/02/17
15h – Recbitinho: Cordel Animado e Cia Fátima Freitas (Frevo)*
19h30 – Dj Gustavo Pontual (PE)**
20h – Marsa (PE)
21h – Craca e Dani Nega (SP)
22h – Negros de Harvar (Chile)
23h10 – Rashid (SP)
00h30 – Morbo Y Mambo (Argentina)

Segunda, dia 27/02/17
15h – Recbitinho: Cordel Animado e Cia Fátima Freitas (Caboclinho)*
19h30 – Dj Guilherme Gatis (PE)**
20h – Dez Mona (Bélgica)
21h – Vitor Araújo (PE)
22h – La Dame Blanche (Cuba)
23h10 – As Bahias e a Cozinha Mineira (SP)
00h30 – Los Pirañas (Colombia)

Terça, dia 28/02/17
15h – Recbitinho: Cordel Animado e Cia Fátima Freitas (Pierrô e Colombina)*
16h – Recbitinho: Bandalelê e bloco Balança Rolhinha*
19h30 – DJ Bernardo Pinheiro (PA)**
20h – Flaira Ferro & Wassab (PE)
21h – Quartabê (SP)
22h – (SP)
23h10 – Inna Modja (Mali)
00h30 – Jards Macalé (RJ)

Sem mais artigos