Divulgação
Divulgação
Divulgação

Novas sessões do Recife Exploitation acontecem entre segunda (22) e quarta (24) da próxima semana na Sala Cardoso Ayres, do Cinema da Fundação. O retorno acontece por causa de alguns cancelamentos motivados pelos protestos dos dias 20 e 21 de junho no Recife.

A entrada continua sendo gratuita. O lado bom dessa remarcação foi a possibilidade de exibir o inédito Zombio 2: O Chimarrão Zombies, que fez sua estreia no Fantaspoa de Porto Alegre. O longa é dirigido pelo catarinense Petter Baiestorf, da Canibal Filmes, um dos principais nomes do terror gore (aquele gênero maravilhosamente nojento e cheio de sangue) do Brasil.

Os organizadores ainda prometem um filme surpresa.

Veja a programação e sinopse disponibilizada pela organização:

SEGUNDA-FEIRA – 22 de Julho
19h – HASTA EL VIENTO TIENE MIEDO (1968)
Pérola do horror mexicano que ainda continua um tanto desconhecida no Brasil entre os admiradores do gênero, assim como o seu realizador Carlos Enrique Taboada, HASTA EL VIENTO TIENE MIEDO não investe em bizarrices, ‘luchadores’ e monstros de borracha, mas sim na construção de uma sombria atmosfera gótica que não fica a dever aos melhores filmes do italiano Mario Bava e as obras primas de Terence Fisher para a Hammer, produtora britânica que revitalizou o cinema de horror nos anos 60. HASTA EL VIENTO TIENE MIEDO tem o seu foco em um grupo de garotas que investigam estranhos acontecimentos ocorridos no colégio interno do qual elas são estudantes. Refilmagens desnecessárias não são exclusividade de Hollywood e esse filme também ganhou uma delas realizada no seu próprio país de origem em 2008, 40 anos depois do lançamento do longa original.

TERÇA-FEIRA – 23 de Julho
19h – BANQUETE DE SANGUE (1963) + FILME SURPRESA
Existe uma infrutífera disputa entre os admiradores do norte-americano Herschell Gordon Lewis e do nosso José Mojica Marins a respeito de qual dos dois seria o maior pioneiro no uso da violência explícita no cinema. Ambos tem a sua fundamental importância e ambos tem uma proposta que se mostra radicalmente contrária a do outro. Enquanto Mojica utiliza-se dela para causar um desconforto psicológico no espectador, Lewis utiliza-se dela para causar um desconforto gerado pelo excesso e pelo – assumido – mau gosto. E foi com BANQUETE DE SANGUE que Lewis e o produtor David F. Friedman escreveram seus nomes na história do Exploitation ao criar o primeiro filme ‘Gore’ da história, repleto de inépcia, imaginação, diálogos hilariantes, péssimas atuações e muita, mas muita cara de pau. Resumindo: um dos filmes mais obrigatórios da mostra.

QUARTA-FEIRA – 24 de Julho

19h – ZOMBIO 2: CHIMARRÃO ZOMBIES (2013)
Como se já não fosse o bastante chutar o pau da barraca com a exibição de BANQUETE DE SANGUE e O PASTELEIRO, a Mostra Recife Exploitation tem a satisfação de exibir ZOMBIO 2: CHIMARRÃO ZOMBIES. Trata-se do mais novo atentado contra o bom gosto do catarinense Petter Baiestorf e sua Canibal Filmes.

Na ativa como videomaker desde 1992, Petter é o (ir)responsável por obras como O MONSTRO LEGUME DO ESPAÇO (1995), BLERGH!!!! (1996) e muitos outros títulos produzidos com baixo ou zero orçamento. Desta vez, o realizador contou com a ajuda física e financeira de muitos amigos e fãs ao redor do país para realizar a continuação de ZOMBIO, produzido e lançado em VHS no ano de 1999 e um de seus filmes mais conhecidos internacionalmente. Preparem-se para um verdadeiro festival de sanguinolência, gargalhadas, nudez, putaria e muitas mortes cometidas por zumbis nojentos e podrões no melhor estilo “Spaghetti Zombies”. ;-)

Leia Mais
Netflix vai criar série sobre a Chacina da Candelária