Revista reúne depoimentos de Linn da Quebrada, Jean Wyllys e Marina Lima para arrecadar fundos para ONG LGBQIA+

A publicação traz ainda 8 artistas visuais que transformam esses depoimentos em obras que viram posters

Linn da Quebrada é uma das artistas participantes. (Foto: Wallace Domingues/Divulgação).

O projeto Suporte lança uma revista independente que reflete sobre o futuro da comunidade LGBTQIA+ através do depoimento de nomes como Karol Conká, Linn da Quebrada, Jean Wyllys, Marina Lima e Gabriel Massan.

Cada revista, que tem uma tiragem limitada, será comercializada por R$40 com frete grátis para todo Brasil e o link para a loja virtual está na bio do Instagram (@suporte.suporte), que também é o principal canal de comunicação da iniciativa. De toda renda arrecadada, serão descontados apenas os custos de produção e o restante do valor será destinado à doações para a instituição Amotrans. O projeto disponibilizará o acesso ao acompanhamento dos números da campanha através de uma ferramenta online.

Em 2020, com o mesmo objetivo de arrecadação de renda em apoio a instituições, o projeto reuniu 24 artistas visuais que desenvolveram uma estampa de camiseta que gerou uma comoção e arrecadou mais de 30 mil reais.

A edição 2021 do projeto Suporte é uma colaboração de 16 personalidades e artistas LGBTQIA+ em uma revista independente que reflete sobre o futuro da comunidade e anuncia a data de término de vendas para o dia 6 de julho.

O produto traz 8 depoimentos de personalidades que contam a partir da suas visões e experiências, dentro do tema geral “Escapar para encarar a realidade”, suas perspectivas para a população LGBTQIA+. 8 artistas visuais transformam esses depoimentos em obras que viram posters. O resultado dessas reflexões e encontros será impresso em uma composição na revista da Suporte, com tiragem limitada, que pode ser adquirida através do Instagram em preços acessíveis. Karol Conká, Linn da Quebrada, Jean Wyllys, Marina Lima e Gabriel Massan são alguns dos nomes envolvidos.

Leia Mais
Espetáculo ao ar livre de Mozart Santos projeta textos dos poetas pernambucanos João Cabral de Melo Neto e Miró da Muribeca no Recife