Asheton (à direita), nos Stooges, em 2009 (Foto: Divulgação).
Asheton, no final dos anos 1970 (Foto: Divulgação).
Asheton, no final dos anos 1970 (Foto: Divulgação).

Morreu nesse sábado Scott Asheton, baterista dos Stooges, banda liderada por Iggy Pop e que se tornou ícone da geração pré-punk de Nova York nos anos 1970. Asheton tinha 64 anos e faleceu de causas não divulgadas.

Ao lado do irmão Ron Scott, guitarrista, o baixista Dave Alexandre e Iggy Pop, vocalista, Asheton gravou os álbuns clássicos dos Stooges, o primeiro homônimo em 1969 e o segundo, Fun House, um ano depois. Com uma bateria rápida e guitarras pesadas e sujas, esses primeiros trabalhos influenciaram o surgimento do punk rock, como os Ramones e Sex Pistols. Na verdade, todo o movimento deve ao grupo alguma reverência, seja na influência sonora, seja na atitude.

Iggy Pop escreveu no Facebook: “O meu querido amigo Scott Asheton morreu a noite passada. Scott era um grande artista, nunca ouvi ninguém tocar bateria com mais talento que Scott Asheton. Era como meu irmão. Ele e o Ron [irmão de Scott, guitarrista nos Stooges] deixam ao mundo um legado imenso. Os Ashetons sempre foram e continuarão a ser para mim uma segunda família. Os meus pensamentos estão com a sua irmão Kathy, a sua mulher Liz e a sua filha Leanna, que era a luz da sua vida”.

Asheton (à direita), nos Stooges, em 2009 (Foto: Divulgação).
Asheton (à direita), nos Stooges, em 2009 (Foto: Divulgação).

Scott ficou afastado dos Stooges depois de 1978, quando encerrou uma longa turnê com Iggy Pop. Eles só viriam a se encontrar novamente 25 anos depois. A última participação de Scott em estúdio foi no ano passado no disco Iggy Pop & The Stooges. Seu irmão Ron, morreu em 2009. [Com informações do Público.pt]

Ouça na íntegra o clássico Fun House.

https://www.youtube.com/watch?v=JWcrDGvdgW0

Leia Mais
Camarones Orquestra Guitarrística e Manoel Cordeiro estão juntos em álbum de inéditas