Sergio Cezar em seu ateliê na rua Tavares Bastos no Catete. (Foto: Divulgação).
Sergio Cezar em seu ateliê na rua Tavares Bastos no Catete. (Foto: Divulgação).

Sérgio Cezar, conhecido como “o arquiteto do papelão”, inicia exposição n’A Casa do Cachorro Preto, em Olinda, a partir deste sábado (10). Todos os dons – reciclando o olhar, traz parte do material exposto no New Orleans Jazz and Heritage Festival 2014. No final de semana seguinte, dias 17 e 18, o artista promove oficina de escultura em papelão.

Cezar é autor de um expressivo acervo de peças feitas com sucata. O artista chama a atenção para questões ambientais e sociais e apresenta obras de arte que recriam mundos habitados, vividos fora dos padrões. É dele o cenário da abertura da novela Duas Caras (2007) e do clipe “Segue o Som” de Vanessa da Mata (2015).

Em Olinda ele apresenta seis esculturas, uma luminária, bolsas, tudo em papelão, além de desenhos e pinturas em tecidos.O artista também é conhecido por ter desenvolvido a técnica de pintura em tecido sobre modelos vivos. Ao que ele deu o nome de sudário, em referência ao pano em que ficaram impressos os traços de Jesus. Durante a exposição Sergio fará Sudários.

Já nos dias 17 e 18 de janeiro, o artista irá ministrar oficina de esculturas de papelão. As vagas são limitadas a 1 turma, que funcionará das 14h às 18h, nA Casa do Cachorro Preto. O valor de matrícula é de R$ 250,00, sendo a inscrição o comprovante de pagamento. Maiores informações podem ser adquiridas pelo email: acasadocachorropreto@gmail.com

ACasa Do Cachorro Preto fica na Rua 13 de maio,99 – Cidade Alta – Olinda.

exposiçao sergio raoni

Leia Mais
Projeto Fotocartografia Litorânea traça mapeamento afetivo de praias pernambucanas