Foto:; Artur Andrade/Divulgação.
Foto:; Artur Andrade/Divulgação.
Foto:; Artur Andrade/Divulgação.

A SpokFrevo Orquestra lançou seu terceiro disco na web, Frevo Sanfonado. Ainda mais inovadora, a banda aposta ainda mais na ligação com o jazz e a sanfona. As nove faixas inéditas já estão no Soundcloud.

Além das composições novas músicas, o disco possui três faixas bônus, que são versões de composições antigas já gravadas pela SpokFrevo e que ganharam releitura com arranjos para sanfona, “Pontapé”, “Frevo da Luz” e “Frevo Sanfonado”, todas presentes em Passo de Anjo (2004). No fim de outubro, as três releituras serão liberadas, também para streaming. A previsão de lançamento do disco físico será no final de novembro.

Leia Mais
Spok + DJ Dolores formam o Frevotron

No novo álbum, que tem patrocínio da Petrobras, o grupo renova ainda mais o frevo através de diálogos com a música instrumental contemporânea. “O disco confere uma nova roupagem à sonoridade da SpokFrevo e ao frevo ao utilizar um instrumento profundamente nordestino e fortemente pernambucano, que é a sanfona. Nele, os sanfoneiros e acordeonistas executam frevos compostos por eles mesmos”, explica o maestro Spok

O disco traz como participações o pianista carioca Vitor Gonçalves, que atualmente mora em Nova York e já tocou com Hermeto Pascoal e Maria Bethânia; o acordeonista gaúcho Renato Borghetti, um dos proeminentes compositores da música instrumental brasileir. O sanfoneiro pernambucano mestre Camarão, falecido em abril deste ano, figura com uma contribuição póstuma, na música “Sandro no Frevo”. Em função de seu falecimento dias antes da produção desse frevo inédito, o carioca Rafael Meninão, atual sanfoneiro de Elba Ramalho, e o potiguar Lulinha Alencar o substituíram.

Ouça o disco:

Leia Mais
Cantora pernambucana Gabi da Pele Preta lança EP de estreia