Uma enxurrada de bons lançamentos, entre clássicos dos quadrinhos e novos autores, fazem parte da programação da editora Veneta para 2021. Fazem parte do cronograma nomes como Fábio Vermelho, Robert Crumb, Simon Hanselmann, Joe Sacco e Gilbert Hernandez, entre outros.

O anúncio foi feito no blog da editora, que não divulgou as datas exatas em que os livros serão lançados.

O primeiro lançamento, que já está à venda, é A Guerra do Deserto, do argentino Enrique Breccia. A obra aborda a relação violenta da ditadura na Argentina contra os povos indígenas no país durante a expansão da agropecuária por lá.

Entre os lançamentos nacionais, a editora lança Eu Fui Um Garoto Gorila, de Fábio Vermelho, Domex, de Gustavo Piqueira, A Tragédia dos Cães, de João Pinheiro, Bertha Lutz, de Angelica Kalil e Mariamma Fonseca e O Grande Xaram, de Maurício Dias e Allan Alex.

Os 30 Melhores Quadrinhos de 2020

Por Paulo Floro, Alexandre Figueirôa, Rafaella Soares, Tulio Vasconcelos. Edição por Paulo Floro. Arte da capa por Rogi Silva. No ano em que ficamos isolados por grande parte do tempo, os quadrinhos certamente foram uma companhia importante. Neste ano da peste, dos milhares de mortos pelo vírus e pelo descaso, as obras acabaram refletindo esse espírito do tempo. Porém, a diversidade foi enorme, indo do escapismo aos dramas históricos, passando pela aventura, terror e humor. Em 2020 também vivenciamos o […]

Read more

Autores badalados do novo quadrinho alternativo também fazem parte dos planos da Veneta este ano. Simon Hanselmann retorna com Zona de Crise, onde traz seu humor ácido para comentar a situação do mundo durante a pandemia do novo coronavírus. Hanselmann foi publicado pela Veneta no ano passado com Mau Caminho, um dos quadrinhos do nosso Top 30 de melhores do ano.

Derf Backderf terá seu elogiado Kent State lançado por aqui. A obra traça um panorama da cultura da violência e a desinformação na sociedade contemporânea.

Entre as obras estrangeiras aclamadas que ganham edição nacional estão Uma História, do italiano Gipi, o experimental Fun, de Paolo Bacilieri e Pinturas de Guerra, do espanhol Ángel de la Calle.

A editora ainda prepara novas edições de obras que já foram lançadas anteriormente por aqui, como é o caso de Palestina, clássico do jornalismo em quadrinhos de e Blues, uma ode a um dos gêneros musicais mais importantes dos EUA feita por Robert Crumb. Ambas saíram originalmente pela Conrad e estavam fora de catálogo.

Entre os mangás, a Veneta lança Kanikosen – O Navio dos Homens, adaptação de Gō Fujio para o romance de Takiji Kobayashi sobre uma rebelião em um navio pesqueiro, um dos maiores clássicos da literatura proletária japonesa. A editora traz ainda ao Brasil, Vida à Deriva, de Yoshihiro Tatsumi.

E ampliando seu catálogo de obras de Gilbert Hernandez, a Veneta lança Luba e Sua Família, mais uma HQ com histórias dos habitantes de Palomar, cidade com forte inspiração do realismo mágico de Gabriel García Márquez e que faz parte da série Love & Rockets. Veja o guia que fizemos sobre a série.

Veja a lista completa das HQs previstas para este ano pela Veneta no blog da editora.

Leia mais sobre quadrinhos em nosso site na página O Grito! Quadrinhos
Os melhores quadrinhos de 2020

leia mais:

Leia Mais
Troféu HQ Mix anuncia lista completa dos indicados deste ano