Virtuosi leva quatro dias de festa para Gravatá

Evento acontece de 18 a 21 de agosto com apresentações gratuitas

Orquestra Jovem de Pernambuco se apresenta com Edson Cordeiro, sob a regência de Nilson Galvão no Virtuosi Gravatá. Foto: Flora Pimentel. (Divulgação).

Após as edições em Recife (maio) e Garanhuns (julho), em clima de retomada após o isolamento social, o 12º Virtuosi chega em Gravatá de 18 a 21 de agosto. O evento vai promover cinco concertos na Igreja Matriz de Sant’Ana, com entrada gratuita.

No dia 18, o premiado pianista paulista  Lucas Thomazinho abre a série de apresentações, às 19h30. Em seu repertório reúne composições de Heitor Villa-Lobos, Maria Szymanowska, Richard Wagner e Franz Liszt. No dia 19, também às 19h30, a primeira harpista do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e professora da classe de harpa da UFRJ, Cristina Braga é a atração, tocando obras de Chico Buarque e Milton Nascimento, Jacob do Bandolim e do harpista celta Turlough O’Carolan. 

No dia 20, o jovem pianista Luis Felipe de Oliveira, natural de Gravatá se apresenta, às 11h, com um programa que agrupa obras de Beethoven, Chopin, Debussy e Villa-Lobos. No mesmo dia, às 20h30, o cantor Edson Cordeiro faz seu concerto acompanhado pela Orquestra Jovem de Pernambuco, sob a regência de Nilson Galvão, com programa de compositores como Vivaldi, Mozart, Bizet, Bach e Dominguinhos.  Para encerrar, no dia 21, o conjunto Flauta de Bloco, traz no repertório Sivuca, Edson Rodrigues, Alceu Valença, Antônio Maria e Nelson Ferreira, às 11h.

Assim como aconteceu nas cidades em que passou, o festival continua homenageando o maestro Rafael Garcia, seu criador, falecido em outubro de 2021.

Leia Mais
Milton Nascimento dá adeus aos palcos na turnê de despedida, no Recife. Veja o setlist do show