O cantor, compositor e multi-instrumentista recifense lançou, na última sexta-feira, remix e clipe inéditos de sua “Xirley”, sucesso nacional anteriormente gravado na voz da cantora Gaby Amarantos.

A faixa, que integra o álbum Dança da Noite, foi remixada pelo paraense , um dos principais nomes do eletromelody. No novo clipe, somaram-se às batidas marcantes a direção, roteiro e montagem assinados pelas cineastas pernambucanas Bárbara Cunha e Mary Gatis, além da performance dos bailarinos Cecília Valadares, Luiza Yuk e Mateus Rocha que executam coreografia criada por Milton Coatti.

Desde 2018, Mary e eu começamos a pensar sobre processos do corpo, investigando a interseção entre dança, música e performance. O corpo manifesto; político e agente transformador. O corpo enquanto festa e resistência. Para este trabalho, imaginamos esta entidade sem gênero, que vem do futuro trazer a liberdade em forma de dança”,  comenta Bárbara.

As 50 melhores músicas de 2020

Por Alexandre Figueirôa, Rafaella Soares, Fernando de Albuquerque, Túlio Vasconcelos e Livio Fabrício. Edição: Paulo Floro Arte da capa por Rogi Silva. 2020 mostrou que mesmo em momentos difíceis, a música segue produzindo momentos incríveis nos mais diversos gêneros e ritmos. Em um ano caótico de pandemia, quarentena, protestos contra o racismo e eleições, a trilha sonora variou entre a introspecção e a vontade de expansão. Do pop eletrônico e nostálgico que nos fizeram dançar dentro do isolamento (Jessie Ware, […]

Read more

Leia Mais
Livro de ensaios reflete vida e obra de Clarice Lispector